ESTÁ AQUI: INÍCIO | Destaques
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Castelo da Amieira do Tejo

 

Brincas de Évora

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Castelo de Viana do Alentejo

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

cultura_estatuto_profissionais22

Castelo de Arraiolos

Castro da Cola (Ourique)

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Templo romano de Évora

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

Villa Romana de Torre de Palma

Castelo de Belver

Villa Romana de Torre de Palma

cavalo pintado

Bonecos de São Bento do Cortiço

Gruta do escoural

Miróbriga

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo de Evoramonte

Jangada de São Torpes

Sé de Évora

Évoramonte

Villa Romana de S. Cucufate

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura

Profs_cultura_estatuto1_banner22

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Castelo da Amieira do Tejo

Miróbriga

Viola Campaniça

Castelo de Viana do Alentejo

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Sé de Évora

Destaques
Imprimir documento


TEM GRAÇA - Festival Internacional de Mulheres Palhaças encerra em Mértola
02-09-2022
TEM GRAÇA - Festival Internacional de Mulheres Palhaças encerra em Mértola

© Beth Freitas

A edição de 2022 do TEM GRAÇA - Festival Internacional de Mulheres Palhaças está a chegar ao fim. Depois de Setúbal, Castelo de Vide, Lisboa e Évora, chega a vez de Mértola onde no dia 24 de setembro se encerrarão as festividades, numa programação integrada no Arte Non-Stop. Haverá um workshop com a palhaça portuguesa Maria Simões e o espectáculo "Rojo", da espanhola Mireia Miracle, seguido de uma tertúlia.


O festival arrancou a 28 de maio, em Setúbal, com Jay Toor a apresentar o espetáculo "Holiday on Delay". Em junho instalou-se em Castelo de Vide, onde Gardi Hutter apresentou "Joana D'ArpPo", para além de ter dado uma formação, uma aula aberta e participado numa tertúlia. Em julho, Elisa Rossin deu uma formação de técnica de máscaras, em Lisboa. No início de agosto,o TEM GRAÇA decorreu em Évora, com oito espetáculos que mobilizaram mais de 15 palhaças vindas de vários países, numa programação integrada no festival ARTES À RUA.
Até agora, ao longo desta edição do festival foram apresentados dez espetáculos nos quais estiveram envolvidas 24 artistas. Foram feitos dois workshops, com lotação esgotada, lançada uma bolsa de investigação e reflexão teórica e produzido um documentário sobre a comicidade no feminino com lançamento previsto para dezembro.

O número de público que assistiu aos eventos ronda 1700 pessoas.

MÉRTOLA


Dia 24 de setembro


O TEM GRAÇA - Festival Internacional de Mulheres Palhaças no âmbito do FESTIVAL ARTE NON-STOP, apresenta:


ESPETÁCULO:
"Rojo", com Mireia Miracle (Espanha)

Horário: 19h
Local: Largo Vasco da Gama, Mértola

Bilhetes: Gratuitos. Espetáculo aberto a todos os públicos.

SINOPSE
Uma palhaça sai do interior de uma mala, transforma o público na sua família e despede-se dele carregada de ilusões e de muitas tralhas. Mas a viagem será interrompida por um obstáculo: uma fronteira. Esse limite permitirá o jogo, a dança e as diferentes formas de encarar aquilo que atrapalha o seu caminho.
Durante toda a viagem, o público será parte do espetáculo: uma multidão que se despede acenando com lenços brancos, uma mãe que ajuda a palhaça a vestir-se, um homem que toma café com ela na vedação de arame farpado, uma mulher que lhe oferece uma corda para saltar ou algumas crianças que se transformam nas colunas que sustentam o telhado da sua casa. No final, e sempre graças à ajuda e à colaboração de todos, ela alcançará seu objetivo, a liberdade!

"Rojo" recebeu o Prémio Circaire - Circada Off, na sua estreia, em 2017, e, no ano seguinte, o prémio Artista Emergente Zirkólika para Melhor espetáculo de rua e melhor espetáculo de Clown. Desde 2019 que integra a Red Escena (https://www.redescena.net) como espetáculo recomendado.

Sobre Mireia Miracle
Mireia Miracle é atriz, palhaça, encenadora, pedagoga e escritora. Nasceu em Madrid e formou-se em Teatro Gestual na Escola de Mar Navarro (de Jacques Lecoq) e em Dança Contemporânea.
Fez ainda formações em Pedagogia Teatral e em Teatro Social, com Moisés Mato no Teatro de la Escucha. Este é um método de criação e investigação que parte de diferentes técnicas teatrais para explorar os processos de comunicação que podem impulsionar a transformação do mundo real.
Em 2015, como palhaça, teve a oportunidade de trabalhar com o palhaço Leandre Ribera em dois dos seus espetáculos: "Iceberg" e "Idees del Fred". O primeiro, foi estreado em Chalons dans la Rue (França) e fez uma digressão pela Europa e Israel. Desta experiência destaca a aprendizagem profunda sobre a linguagem do clown, do bufão e da comédia.
Em 2016 funda a Mireia Miracle Company e nesse mesmo ano, cria o seu primeiro trabalho de
rua "Rojo" que, no ano seguinte adquire, também, o formato para salas de espetáculos.
Atualmente, além de fazer digressões com "Rojo" e "Rojo Sala", dedica-se à encenação, ao
aconselhamento de artistas que procuram palcos semelhantes e a dar workshops.

TERTÚLIA
"Criação Artística", com Mireia Miracle, Maria Simões
Data: 24 de Setembro
Horário: 20h00
Local: Largo Vasco da Gama, Mértola
Bilhetes: Gratuitos. Tertúlia aberta a todos os públicos.

WORKSHOP
"Clown-Social: o clown como arte do encontro", com Maria Simões (Portugal)
Data: 24 de Setembro
Horário: 10h30
Nota: Workshop para público limitado.


SINOPSE
A premissa de que o humor é uma forma de comunicação universal e que tem o poder de conectar as pessoas, é a consciência inicial para a descoberta do nosso próprio estado-clown.
A partir daí começamos uma viagem sobre o reconhecimento e a expressão das emoções, a empatia, o clown e os afetos. O jogo e a improvisação servem também como metáforas para se refletir sobre a missão humanitária do clown social.
Serão ainda abordadas, as especificidades da linguagem do clown social e as possibilidades de intervenção com diferentes públicos e locais, nomeadamente escolas, ruas, museus e domicílios.

Sobre Maria Simões

Nascida em 1976, neta do Alentejo, atualmente vive e cria em Castelo de Vide. Palhaça,encenadora, atriz, educadora e ativista cultural, trabalha profissionalmente, desde 1994 em teatro e, desde 2002, como palhaça. Trabalha com teatro, clown, palavra dita, dramaturgia, cinema, educação e música, num universo multidisciplinar. Em 2006, nos Açores, fundou as Descalças Cooperativa Cultural, com outras ARTivistas, e em 2015, criou o BOLINA - Festival Internacional de Palhaças (agora no Alto Alentejo) e fundou a Rede Internacional de Palhaças.
É criadora do Bosque-Escola Avelãs e voluntária em lares de idosos de Castelo de Vide e de Marvão. Apaixonada pelo mundo e por viajar, é no encontro com outros humanos que gosta de viver. Por isso, adora actuar na rua, em campos de refugiad@s, em hospitais, centros de dia, teatros, escolas, ruínas e castelos. Nos últimos anos, no seu trabalho artístico comprometido, tem-se dedicado à exploração de uma linguagem própria que não tem ainda nome. Trabalha, sempre que possível, sem palavras apesar de se rever nas palavras urgentes dos textos que ama. Sem fronteira, tem um trabalho artístico que já foi visto em vários países. Recebeu três bolsas de criação artística em dramaturgia, pelo Governo dos Açores e, dessa escrita, resultaram os espetáculos "Baleeiras", "Carolina" e "Utopia". É fundadora da UPP - União de
Palhaças em Portugal.


FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA TEM GRAÇA 2022
Realização: A Algures
Direção artística e coordenação geral: Susana Cecílio
Assistência de direção e coordenação de comunicação: Poliana Tuchia
Produção: Thalita Araújo
Assistência de produção: Ana Pinto
Artistas participantes: Ayelén Ormaechea, Cátia Vieira, Elisa Rossin, Eva Ribeiro, Gardi Hutter,
Jay Toor, Jimena Cavalletti, Laia Sales, Lisa Madsen, Maria Simões, Marta Costa, Mireia Miracle,
Poliana Tuchia, Rafa Santos e Susana Cecílio.
Identidade visual: Cristina Viana
Fotografia, audiovisual e documentarista: Patrícia Poção e Beth Freitas
Assessoria de imprensa: Levina Valentim
Marketing digital: Lívia Rangel (Agência Lira)
Contabilidade: Sílvia Guerra
Apoios à divulgação: Antena 1, Antena 2, Coffeepaste, Gerador, Rádio Portalegre
Apoios: Município de Setúbal, Câmara Municipal de Castelo de Vide, Câmara Municipal de Évora,
Câmara Municipal de Mértola, Embaixada da Suíça em Portugal, Junta de Freguesia do Lumiar,
Maria D'Alegria, Descalças, Pro Helvetia, Hotel Castelo de Vide, CET-Centro de estudos de
Teatro - FLUL.
A ALGURES é uma estrutura financiada pela República Portuguesa - Cultura | DGARTES -
Direção-Geral das Artes

INFORMAÇÕES
. Estas atividades são presenciais e no seu contexto serão respeitadas as normas da DGS para a
lotação dos espaços.
. Dúvidas: aalgures@gmail.com
. Segue-nos em: https://www.instagram/festivaltemgraca e https://www.facebook.com/festivaltemgraca


MAIS INFORMAÇÕES
Imprensa: Levina Valentim | 964 291 390 | levina.valentim@gmail.com
Comunicação: Poliana Tuchia | 910 142 157 | comunicacaoalgures@gmail.com

[ voltar ]

 

 

ADECORRER

RELATÓRIO "Strengthening cultural heritage resilience for climate change"Serviço "Filmar em Portugal"Estudo "CULTURA NO PÓS ALENTEJO-2020""Covid@Alentejo, olhares" tem plataforma disponível sobre o projetoPrograma Educação Patrimonial 2022Aromas que nos guiam Évora Património - Fotografias de Artur PastorEstatuto dos Profissionais da Área da CulturaANTROPOCÉNICA - Propostas para apresentação de comunicações



EMAGENDA

<setembro de 2022>
domsegterquaquisexsáb
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se