ESTÁ AQUI: INÍCIO | A decorrer
| MAPA DO SITE | EMAIL | PROCURAR
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA
Voltar à pagina de entrada!

Castelo de Viana do Alentejo

Templo romano de Évora

Miróbriga

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Castro da Cola (Ourique)

 

Gruta do escoural

Bonecos de São Bento do Cortiço

Viola Campaniça

Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa

Villa Romana de Torre de Palma

Évoramonte

Miróbriga

Grupo Cubenses Amigos do Cante

Villa Romana de Torre de Palma

Villa Romana de S. Cucufate

Sé de Évora

Abóbada da Basílica Real de Castro Verde

cultura_estatuto_profissionais22

Sé de Évora

cavalo pintado

Profs_cultura_estatuto1_banner22

Castelo de Evoramonte

Castelo de Belver

Villa Romana de S. Cucufate

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo e Igreja Matriz de Viana do Alentejo

Castelo e Igreja do Salvador (Arraiolos)

Castelo de Santiago do Cacém

Castelo da Amieira do Tejo

Castelo de Arraiolos

Sé de Évora

Castelo de Viana do Alentejo

Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura

Brincas de Évora

Jangada de São Torpes

Centro Interpretativo do Castro da Cola (Ourique)

A decorrer
Imprimir documento


Évora, e o Alentejo, serão Capital Europeia da Cultura em 2027

Évora representará Portugal no maior evento cultural da Europa, acolhendo a Capital Europeia da Cultura em 2027. Recomendação do painel internacional de especialistas foi anunciada na tarde de dia 7 de dezembro em conferência de imprensa realizada no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Levando o VAGAR à Europa e ao mundo, Évora, e o Alentejo, serão Capital Europeia da Cultura em 2027. A proposta do painel internacional de especialistas, anunciada na tarde de dia 7 de dezembro em Lisboa, é a conclusão de um longo processo de seleção que, na sua fase final, contou com quatro cidades finalistas. Para além de Évora, estavam na corrida Aveiro, Braga e Ponta Delgada.

"Este é o momento que esperávamos. É uma oportunidade para Évora, e o Alentejo, mas também para a Europa e para o mundo. Porque o VAGAR é isso: uma proposta de futuro para a Humanidade" afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, em representação da Comissão Executiva Évora 2027. "Felicitamos todas as cidades candidatas, conscientes da responsabilidade que temos pela frente. Este é o resultado de um processo coletivo, que envolveu muitas pessoas e entidades, construído a partir da nossa identidade, para religar o Alentejo à Europa e ao mundo, projetando o território e as suas comunidades. Alcançámos o nosso objetivo e agora vamos continuar a trabalhar para que Évora 2027 seja um marco na iniciativa das Capitais Europeias da Cultura", concluiu.

Para Paula Mota Garcia, coordenadora da Equipa de Missão Évora 2027 "A nossa proposta era ousada, mas também muito honesta. Todo o conceito da candidatura, e o seu programa cultural e artístico, baseiam-se no modo de ser e de viver alentejano, no vagar enquanto consciência plena de que nós, enquanto humanos, estamos sempre em relação com tudo o que nos rodeia. Estamos muito contentes que o painel de especialistas que avalia as candidaturas tenha escutado, e compreendido, o que significa este VAGAR, e o que pode significar para a Europa e para o mundo, como possível resposta para os desafios que enfrentamos coletivamente."

A preparação da candidatura a Capital Europeia da Cultura tem sido e é um processo longo e complexo, que, em Évora, e no Alentejo, tem contado com a colaboração de múltiplas entidades e pessoas. Além da criação da Comissão Executiva, que pôs em cooperação diversos organismos da região, Évora 2027 tem o apoio das 4 comunidades intermunicipais do Alentejo, que representam os 47 municípios da região.

É deste movimento coletivo que nasceu e se constrói um projeto identitário estruturante, que transformará a cidade e a região. A todos os que já juntaram a sua voz a esta candidatura, expressamos o nosso profundo agradecimento e reconhecimento, renovando o desafio. É tempo de continuar a construir coletivamente este projeto, num processo de colaboração e cocriação, com a cidade, a região e os seus agentes, envolvendo, como até agora, o maior número possível de pessoas, comunidades e entidades.

A candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura é promovida pela Comissão Executiva Évora 2027, liderada pela Câmara Municipal de Évora. Esta Comissão Executiva é ainda constituída pela Direção Regional de Cultura do Alentejo, Universidade de Évora, Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Alentejo, Turismo do Alentejo - ERT, Fundação Eugénio de Almeida e Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo - ARPTA.

ADECORRER

Évora, e o Alentejo, serão Capital Europeia da Cultura em 2027Documentário "Michel Formentelli" RELATÓRIO "Strengthening cultural heritage resilience for climate change"Serviço "Filmar em Portugal"Estudo "CULTURA NO PÓS ALENTEJO-2020""Covid@Alentejo, olhares" tem plataforma disponível sobre o projetoPrograma Educação Patrimonial 2022Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura



EMAGENDA

<janeiro de 2023>
domsegterquaquisexsáb
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
 


SUBSCREVANEWSLETTER

Quer receber as nossas notícias?
Registe-se